O julgamento de sanchas

Trabalho realizado em 2011 Para trabalhar a leitura do Livro Dom Casmurro, clássico de Machado de Assis, a Professora Nilma da Silva Sodré da Escola Estadual Chagas Araújo, de Urbano Santos (MA), pensou em uma atividade diferente, que unisse aprendizado, diversão e arte, como é a proposta do Programa Arte Cidadã. No dia 06 de novembro, após um processo de preparação que incluiu ler o livro “Dom Casmurro” e “Amor de Capitu” de Fernando Sabino, os alunos se reuniram na Câmara Municipal para julgarem a personagem Sanchas, que estava sendo julgada por ter matado Ezequiel, filho de Capitu, por acreditar que Ezequiel fosse filho de Escobar. Os meninos se vestiram de forma apropriada a um tribunal, uma aluna interpretou Sanchas, outros advogados de defesa e acusação. Conforme nos conta a Professora Nilma, o projeto teve como objetivo “estudar e debater a obra realista, levando os participantes a se envolverem e apresentarem posição diante do fato, desenvolver o senso crítico e o poder de persuasão”. Para a professora, é preciso buscar novas ferramentas para melhorar o ensino na sala de aula, fazendo assim que “os alunos tomem consciência da necessidade de ler, assumam uma postura crítica diante dos fatos e reajam frente às pressões sociais”. E aí: qual terá sido o resultado do juri? Será que Sanchas foi absolvida ou condenada? Independente do final do Juri, o resultado para os alunos foi um aprendizado mais fácil e gostoso. Temos certeza que eles nunca mais vão se esquecer dessa aula!

Um comentário:

Nilma da Silva Sodre disse...

O Julgamento de Sanchas foi um dos melhores trabalhos que já realizamos em sala de aula.

Postagem em destaque

De meu quintal : um 13 maior que o mundo

Ouço as palavras , ouso nalgumas ,   uso-as como parte do papel para compor a outra parte de meu silencio , recorri a   Manoel de Barros p...