Ela não é da silva, é dos santos: mas (ENTA) é Graça!

Começando essa minha página queria dizer que primeiro dei-lhe o título, comecei a escrever já faz um dias,  encontrei as justificativas , apresentei mais perguntas do que respostas, fiz uma lista de coisas com as quais eu supostamente encontraria no decorrer da história: será isso mesmo que pretendo escrever como dedicatória para alguém porque nutro  amizade e respeito? As cenas ora apresentadas aqui não começam pelo simples fato de admitir que toda convivência humana nos proporciona uma espécie de transformação. A gente sabe que é possível conjugar no plural quando estabelecemos em nossas vidas as conquistas que nos satisfaçam, mas, sobretudo algumas que sejam capazes de ajudar na qualidade de vida de outras pessoas. Não trago evidencias, evidentemente  com a mesma convicção com que escrevo , serei capaz de dizer ainda que houvesse desaprovação.Lembrei-me quando estava escrevendo, da fábula da abelha irritada quer na imitação da fábula quer de  alguma parábola, depende de quem com sua essência ou na inocência desperte para outras intenções.
Fui “parar” no mesmo local de trabalho da pessoa sobre quem falo, ainda em 2011, foi minha aluna, (nem sei,, somos quase da mesma idade) sou numa dessas horas , pessoa de estirpe não muito boa para começar a fazer amizade, ressabiada, esmoreço na primeira conversa do “ouvir dizer” ou do “disseram”! Nesse mesmo ano, orientando um trabalho de literatura com alunos de Ensino Médio, fiz a maior campanha entre os colegas para que o visitassem e acompanhassem a defesa oral de cada um deles. De verdade, sempre fui convencida de que meus alunos escreviam e argumentavam muito bem; depois dessa fragmentação nos afastamos! Continuamos colegas é bom que se diga! Passado esses dias , e meses... em 2013 voltamos a nos encontrar no mesmo campo, dessa vez, meu nome não soara bem por aquela mediação; cheguei muito mais desconfiada! Mas eu fiz a politica da boa vizinhança, comecei com minha atuação cidadã e cristã; fiz uma adequações aqui e ali em meu modo de pensar e ver as coisas, fui sendo repetitiva nalgumas palavras , porém o melhor de mim não era enxergado __ eu resmungava demais. Não me ative a dados e números , ative-me à missão para a qual fui convidada e com o mesmo ímpeto para compreender o âmago das coisas mais implícitas, tornei-me mais humilde para digerir melhor todos os cenários, e sobretudo para relacionar-me melhor e por entender que os cristãos em paz consigo mesmos precisam da  a grandeza de seu próprio espírito, (sei que não sou fácil) ! Precisei um dia desses  dizer: a gente não é feito de papel, de cadeiras, de mesas e de armários, e o que faz com que a nossa presença seja notada são os gestos de alegria , ou de bondade, o jeito peculiar de compartilhar informações e as constantes manifestações de gratidão! Aprendi a agradecer mais! Destratá-la por conta do excesso do salto, do exagero da maquiagem ou do colorido e preferencia do preto daquelas blusas e calças do dia a dia, não a tornam menos importante do que tem sido no decorrer desses anos! Aprendi a agradecer! Aprendi a reconhecer! Aprendo de verdade a ser melhor pessoa! Obrigada, dos santos, mas eta, você precisava também ser da silva!
Obrigada , dos Santos!
Inspirada noutras publicações, e porque Deus não dorme, através dessa pequena página, trouxe os dados dos primeiros atendimentos dados ao meu pai quando teve as crises respiratórias, há quatro anos, e a presença dela em minha vida intensifica, cercada das preocupações , das palavras de animo, das sinceras expressões e chamadas para todo e qualquer real perigo; ajudou-me na escolha  de qual pior defeito eu preferiria.. Discordamos em tantas posições e defesa de “tese”, já fui áspera ao extremo, quando mal compreendida! Já a deixei falando sozinha quando pretendia apenas manifestar um carinho, nesse ínterim, penso depois ”meu desequilíbrio emocional”  “não é desse mundo”, nunca fui normal! Eu não precisei  subestimar sua competência : é inteligente, forte, competente, estudiosa, batalhadora; é mãe, amiga, professora, irmã... vai às lágrimas quando se vê acuada por algum desafeto! Tem outras tantas e dezenas de amizades maravilhosas que lhe acrescentam alegrias; que também compartilham outras cores; acha espaço e tempo para aconselhar-se e para dar bons conselhos! Nesse inicio de ano bem como nos demais , depois de 2013 é aquela que sonda as entranhas e traz acômodo necessário para diferentes dores. Ela e toda a sua  família sabem do orgulho que tem trazido para alguns de nós e para  todos eles! Eu não comecei minha escrita hoje, porém recolho-me  especialmente nesse dia, em detrimento do Dia do Pedagogo  para trazer essa homenagem necessária. E quando estive debatendo sobre o tema de nosso sarau desse ano, eu a ouvi, e trago para ela uma breve reposta “ Mulheres na história: nomes que fazem a diferença”; para mim, na minha vida, em minha profissão , no exercício de minha função , você é um nome que tem feito toda diferença, tem igualmente convencido outras pessoas que há “ de algum modo uma porta destrancada esperando por nós , por nossa mão e poder adentrar"!
E como essa publicação está em meu blog, que é  "tão bem acessado", você só  terá três  opções, a começar pelo  interessante,  bem alertou meu novo mentor intelectual! Por último, eu nem queria  discordar  no entanto,  “ há coisas que  são só da personalidade, outras, do caráter," sou muito grata nas vezes em que me orientas no uso da razão, muita agradecida pela disponibilidade , grata pela amizade! Você está em minha história! Você é uma dádiva! E eu não perdi a fé! Toda conquista vem embrulhada e tudo vai passar, não é mesmo?! Sandálias baixas, pés no chão, vestidos coloridos ... podem até não nos enxergar....Em seu nome Gracineth Santos agradeço e parabenizo aos demais profissionais que tem na pedagogia a capacidade de multiplicar e compartilhar!  Na bíblia diz que "o amigo é o milagre do calor humano que Deus opera no coração"; sinto isso, sei disso e se eu ficar afônica porque é triste ficar sem voz, usarei esse espaço, para ouvir o eco de suas palavras ao dizer: "Estou aqui"! Se não houver harmonia em minhas palavras, queria dizer... "Nossa Senhora Aparecida rogai por todos nós"!

Um comentário:

Gracineth Mendonça disse...

Como não agradecer a tamanho gesto de atenção e carinho???
Obrigada minha querida. Pena não poder retribuir com tanta beleza ����������

Postagem em destaque

De meu quintal : um 13 maior que o mundo

Ouço as palavras , ouso nalgumas ,   uso-as como parte do papel para compor a outra parte de meu silencio , recorri a   Manoel de Barros p...